Política & Justiça

Com vistas a 2020, o DEM metropolitano se movimenta para formação de chapa

Segundo o vereador Dr. Paulo Daher, presidente metropolitano do partido, o objetivo é buscar quadros qualificados para a Câmara Municipal e eventual lançamento de candidatura própria para a prefeitura de Goiânia, em 2020

diario da manha

Segundo o vereador Dr. Paulo Daher, presidente metropolitano do partido, o objetivo é buscar quadros qualificados para a Câmara Municipal e eventual lançamento de candidatura própria para a prefeitura de Goiânia, em 2020

O vereador de Goiânia Dr. Paulo Daher, presidente do DEM metropolitano, busca a filiação de novos quadros para a disputa das eleições municipais de 2020. Segundo o democrata, a intenção é buscar pessoas qualificadas para a disputa, tendo como objetivo a renovação política na Câmara de Goiânia no ano que vem. Com vistas ao Paço, Daher diz que, enquanto soldado do partido, seu nome estará, assim como sempre esteve, à disposição do partido para uma eventual candidatura a prefeito de Goiânia.

O vereador falou com a reportagem durante a apresentação do mais novo filiado do DEM metropolitano, o Bispo Francis Maia, presidente da Igreja Batista Restaurada, missionário que passou 12 anos por diversos países mundo afora, evangelizando e realizando ações sociais de amparo aos mais necessitados.

Bispo Francis, como é conhecido, diz que escolheu o DEM, entre outros motivos, porque foi o partido que mais se identificou com seus objetivos enquanto missionário e agente de transformação social. Segundo Francis, sua decisão se respaldou no comportamento do presidente Paulo Daher, enquanto pessoa, político e dirigente partidário, além de que o DEM é um partido que tem mostrado seriedade e honestidade, por isso o escolheu para ser a sua plataforma de sustentação para continuar suas ações em Goiânia.

“Acredito na mudança, acredito que iremos contribuir com nosso município e ajudar muito as pessoas, principalmente aquelas que são esquecidas e marginalizadas pela sociedade”, frisa.

Sucessão em Goiânia

De acordo com Paulo Daher, o objetivo do DEM goianiense é montar uma chapa para as eleições proporcionais em Goiânia preenchendo o limite máximo de candidatos, respeitando a cota mínima para mulheres, e assim aumentar suas chances de uma grande representatividade na Câmara Municipal. “Vamos ter uma chapa com o número máximo de candidatos competitivos, para que possamos ocupar cadeiras no legislativo municipal e também para respaldar uma eventual candidatura do nosso partido ao cargo de prefeito de Goiânia”, explica.

Nos últimos meses, Paulo Daher tem assumido para si a responsabilidade de responder os ataques da oposição ao governador Ronaldo Caiado, presidente do DEM goiano. Sua última “reprimenda” foi a Daniel Viela, presidente do MDB em Goiás, que ao comentar a carta aberta de Iris Rezende, recomendando que o dirigente emedebista perdoasse os prefeitos expulsos por apoiarem Ronaldo Caiado em 2018, chamou de ‘incompetente” e “atrasado” o governo do democrata em Goiás.

Para o vereador, Daniel há muito perdeu o bonde da história e tem “trabalhado” para acabar com o MDB em Goiás. Daher diz que o partido dirigido por Daniel é um hoje um partido nanico no Estado, sem representantes na Câmara Federal e que ainda existe em Goiânia pela dimensão do seu líder Iris Rezende. “Por Daniel, o MDB já teria se unido ao PSDB e ele ainda quer discutir quem de fato faz mal para o Estado?”, pergunta Daher.

tags:

Comentários