Política & Justiça

Moro pede afastamento do cargo para cuidar de "assuntos particulares"

diario da manha

De 15 a 19 de julho o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, vai se afastar do cargo “para tratar de assuntos particulares”. O afastamento foi divulgado nesta segunda-feira (08) no “Diário Oficial da União”. O retorno do ministro está previsto para o próximo dia 22.

De acordo com a assessoria do ministro, ele não pode tirar férias e a licença não remunerada será para viajar com a família. Com isso, o secretário executivo Luiz Pontel responderá interinamente pelo ministério durante o período de afastamento.

Popularidade

No último domingo (7) o ministro integrou a comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para assistir a final da Copa América, no Maracanã, em um teste de popularidade, após a polêmica sobre o vazamento de conversar entre ele e procuradores da Lava Jato.

Comentários