Política & Justiça

Ciro sobre Bolsonaro: 'Acho que não termina o governo'.

Ciro disse ainda que não quer que o presidente deixe o cargo por meio de suicídio

diario da manha
Foto/Reprodução

Após ser derrotado nas Eleições de 2018, Ciro Gomes (PDT) disse em entrevista ao Estadão, nesta terça-feira (17/9) que Jair Bolsonaro deve não terminar o mandato. O político é pré candidato à Presidência para 2022.

“Acho que ele não termina o governo. Isso é um mero palpite. Meu palpite, é um mero palpite, é que vai ser por renúncia”, afirmou o ex-ministro.

Ciro completo ainda pontuando que a probabilidade de um impeachment é pequena. Mas, “as energias são tão negativas e tão rápidas que não vejo como Bolsonaro termine o governo”. Além disso, destacou ainda que espera que o atual presidente não cometa o autoextermínio. “Espero que não seja pelo suicídio”, afirmou o candidato.

“Gesto humano muito nobre”, enfatizou Ciro sobre pedido de desculpas de Frota

Durante a entrevista, Ciro chegou a ser questionado sobre o pedido de desculpas do deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) que aconteceu via Twitter no último fim de semana.

Ciro Gomes disse que aceitou o pedido e que quando faz algo errado também prática o gesto de pedir desculpas. “Reconheço nisso um gesto humano muito nobre. Aceito as desculpas dele e bola para frente”, pontuou o político. Alexandre Frota está no PSDB há cerca de um mês, após ser expulso do PSL depois de fazer severas críticas ao Bolsonaro.

Comentários