Política & Justiça

Bolsonaro em conversa com Kajuru pede inclusão de Governadores e prefeitos na CPI da Pandemia

diario da manha
Foto: Reprodução

O senador Jorge Kajuru (Cidadania – GO) divulgou em suas redes sociais no domingo, 11, uma conversa por telefone com o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), onde o tema central foi a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da pandemia, em que Bolsonaro classificou que da forma que está é direcionado apenas a sua pessoa, e que pode gerar um relatório “sacana”.

Vale lembrar que o pedido feito por Kajuru ao Supremo Tribunal Federal (STF) foi aceito pelo ministro Luis Roberto Barroso, e que gerou um grande descontentamento por parte de Bolsonaro e de seus apoiadores.

Kajuru inclusive informou por meio de suas redes sociais, que antes da divulgação da conversa, avisou a Bolsonaro que disponibilizaria o diálogo entre eles em suas plataformas.

Momentos antes de divulgar o áudio da conversa com Bolsonaro, Kajuru fez questão de ressaltar, que se perceber que o trabalho da CPI for político e apenas para analisar as questões referente ao Governo Federal, irá deixar a CPI e vai apontar os responsáveis. O Senador disse ainda que com a comissão pretende investigar não apenas as ações do governo, mas também governadores e prefeitos.

Bolsonaro afirma no início da conversa que a CPI da Pandemia do jeito que está é um processo direcionado apenas a sua pessoa

Logo no início da conversa, Bolsonaro afirma que a CPI é um processo direcionado apenas contra a sua pessoa, ao que o senador pontua que não é bem isso, e diz que pode convocar governadores, no entanto, o presidente retruca e afirma que se o objeto da CPI não for alterado, não pode ser feita a convocação de governadores.

“O objetivo da CPI nesse momento é investigar a omissão do Governo Federal no trato da pandemia ponto final. Kajuru se não mudar o objetivo da CPI, ela vai vir só pra cima de mim”, afirma Bolsonaro.

Bolsonaro frisou que é preciso aumentar a amplitude da CPI, para que Governadores e Prefeitos também sejam ouvidos e investigados. Na fala do presidente, é possível notar um certo tom de insatisfação com o processo, e ele alega que se continuar da forma como está vai simplesmente ouvir “gente nossa, para fazer um relatório sacana”.

Em um dos pontos da conversa, Bolsonaro aponta que é preciso pressionar o Supremo, ao qual Kajuru responde que entrou com ação para investigar o ministro Alexandre de Moraes. No diálogo entre o senador e o presidente, Bolsonaro ainda parabeniza Kajuru pela ação contra o ministro do STF, e o senador falou que não vai pelo lado do “revanchismo”.

Confira o vídeo completo do diálogo entre o senador Jorge Kajuru e o presidente Jair Bolsonaro sobre a CPI da Pandemia:

Leia também:

Comentários