Política & Justiça

Átila Naves Amaral é removido ao cargo de juiz substituto em segundo grau

Durante a sessão extraordinária, o colegiado avaliou e pontuou critérios como produtividade, estrutura de trabalho, dedicação, celeridade, aperfeiçoamento técnico, títulos e diplomas

diario da manha

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), em sessão extraordinária realizada nessa segunda-feira (07), removeu, pelo critério de merecimento, o magistrado Átila Naves Amaral ao cargo de juiz substituto em segundo grau. A sessão ordinária foi presidida pelo chefe do Poder Judiciário goiano, desembargador Carlos Alberto França.

Átila Naves Amaral é, atualmente, titular da 21ª Vara Cível de Goiânia. A vaga que o novo juiz substituto em segundo grau irá assumir foi divulgada no Edital 08/2021. O decreto que oficializa o nome do magistrado sairá ainda nesta segunda-feira (7) e será publicado na manhã desta terça-feira (08). 

Durante a sessão extraordinária, o colegiado avaliou e pontuou critérios como produtividade, estrutura de trabalho, dedicação, celeridade, aperfeiçoamento técnico, títulos e diplomas. Oito magistrados concorreram à vaga. Esta foi a terceira vez que o juiz Átila Amaral pleiteou a remoção. Ainda na lista tríplice, figuraram os juízes Rodrigo de Silveira, pela segunda vez, e Wilson da Silva Dias, como estreante. Após o resultado, o presidente do TJGO parabenizou Átila Amaral e todos os inscritos. (Texto: Arianne Lopes / Foto: Wagner Soares – Centro de Comunicação Social do TJGO)

tags:

Comentários