Politica

Disputa pela vice de 2022 apresenta nomes para 2026

Os ventos de agosto devem fazer aumentar o calor dos bastidores da política goiana e monopolizar a discussão em torno da formação das chapas para a disputa para o governo

diario da manha

Os ventos de agosto devem fazer aumentar o calor dos bastidores da política goiana e monopolizar a discussão em torno da formação das chapas para a disputa para o governo. O ponto chave está na composição da chapa para a reeleição de Ronaldo Caiado (DEM) com o afunilamento dos nomes que se fortalecem para figurar como vice, aí, indiscutivelmente, temos Lissauer Vieira (PSB), Daniel Vilela (MDB) e Lincoln Tejota (Cidadania). Todo este foco que a vaga de vice na chapa de Caiado ganhou nos últimos meses se dá em virtude da clara oportunidade que este assento tem a partir de 2026: Para a grande maioria dos analistas políticos, é potencialmente forte que, eleito vice de Caiado, o nome escolhido possa ser o sucessor natural do atual governador. Assegurar a vaga de vice na chapa caiadista é, em virtude do perfil dos cogitados, caminho natural para sucessão: jovens, bem relacionados, politicamente experientes e representam grupos consolidados. Talvez, dentre os três, Lincoln Tejota, atual vice, tenha como projeto alternativo, algo que não seja de cunho eleitoral, neste caso, uma vaga para o Tribunal de Contas do Estado. Já Lissauer e Daniel, ambos, além de estarem no radar para a indicação na chapa governista, possuem potencial eleitoral pra lá de consistente, ou seja: se colocarem os nomes para uma disputa para o congresso, a vaga está garantida, para o senado, mesmo em uma eleição com apenas uma vaga, qualquer um dos nomes é alçado à condição de favorito. Seja como for, o governador Ronaldo Caiado, apesar da difícil decisão que terá pela frente, na composição de sua chapa, lê este momento com “muito positivo” pois, além de consolidar a aprovação em sua forma de fazer política pública, mostra que também é bom de diálogo.

Fio Direto

Base forte
Governador Ronaldo Caiado (DEM) vai disputar a reeleição, em 2022, com apoio de 180 dos 246 prefeitos. É a confirmação de sua liderança e prestígio político.

Voto impresso
Apesar de não ter mostrado provas contundentes sobre possibilidade de fraudes nas urnas eletrônicas, em live no último dia 29, o presidente Jair Bolsonaro conseguiu engajar eleitores que, comumente, não estão alinhados a ele, porém, que são desconfiados do sistema eletrônico.

Outro partido?
Para manter seu projeto de disputar vaga ao Senado, o Dr. Zacharias Calil terá que buscar abrigo em outra legenda. É que o DEM deverá fazer composição com partido para a vaga de senador.

Sem rumo
O PSL do deputado federal Delegado Waldir Soares não sabe qual caminho trilhar em relação à sucessão estadual. A dúvida é se apoia um nome da oposição centro-liberal ou de recomposição com o Palácio das Esmeraldas.

Convencimento
Após a entrega da carta a Daniel Vilela, em defesa da aliança do MDB com o DEM, os prefeitos do partido irão procurar Gustavo Mendanha na tentativa de convencê-lo a acatar a decisão que será tomada em convenção.

Deve sair
Com o PSB inclinado a apoiar Lula ao Palácio do Planalto, o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira, deverá deixar o partido. Já recebeu convites de 10 legendas, entre elas o DEM, Podemos, Cidadania, PSD, PTB, Republicanos e Progressistas.

Ué?
Em uma rede social, o exgovernador Marconi Perillo (PSDB) reclama de sites, blogs e perfis que estariam o criticando e… enaltecendo o atual gestor.

Naquele tempo…
Durante os últimos dois governos de Marconi Perillo, havia inúmeros questionamentos sobre atividades de blogs e sites, em que seus adversários sofriam ataques diários e a sua gestão era enaltecida.

Fim da fila
O deputado estadual, Humberto Teófilo (PSL) acabou indo para o fim da fila, após recusar receber o imunizante Coronavac, depois de ter agendado sua vacinação no Ciams Alto Horizonte.

Fim da fila II
O deputado alega que a vacina tem “baixa eficácia e impede a entrada em outros países.” Enquanto isso, muita gente chora a perda de parentes e amigos que não receberam a vacina (qualquer uma) a tempo.

Funciona
O imunizante Coronavac possui eficácia de até 71% contra sintomas graves e mortes relativas à doença. Porém, a vacina tem sido alvo de recusa por pessoas induzidas ao erro por fake news que se alastram em grupos de WhastApp.

Baldy terá encontro com Caiado para tratar de aliança

Com intermediação do prefeito Roberto Naves e respaldo de Ciro Nogueira e Arthur Lira, Alexandre Baldy (foto), presidente do Progressistas de Goiás, deverá avançar nas conversas sobre alianças com o DEM nas eleições de 2022. Um jantar no Palácio das Esmeraldas deverá ocorrer este mês, oportunidade em que Ronaldo Caiado e Baldy deverão conversar sobre reaproximação política.

Linha cruzada

A fala de Lula sobre “organizar uma frente de oposição ao governador Ronaldo Caiado” não ganhou repercussão entre partidos não alinhados ao governo em Goiás.

A maioria evitou comentar o assunto, solenemente.

Comentários