Política & Justiça

Advocacia de Goianésia fecha apoio a Rafael Lara para a OAB-GO e a Denys Welton para a Subseção

Lançamento das pré-candidaturas de Denys e de Karlla de Oliveira, para a vice-presidência, teve presença maciça dos advogados e advogadas de Goianésia. A Subseção declarou seu apoio aos colegas e à pré-candidatura de Rafael Lara para a seccional goiana

diario da manha

O Movimento Compromisso com a Advocacia encerrou esta quinta-feira, 3, com um encontro com a advocacia de Goianésia para o lançamento das pré-candidaturas de Denys Welton Bruno para a presidência da Subseção e de Karlla de Oliveira para a vice. O evento contou com a presença maciça dos advogados e advogadas do município, que manifestaram seu apoio aos colegas e também à pré-candidatura de Rafael Lara para a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO). A escolha dos nomes em Goianésia foi um consenso dos advogados locais, que apostam nos projetos do Movimento e na parceria com Lara na seccional para a realização de um trabalho de excelência em favor da classe.

Denys Welton confirma esse processo de formação do grupo que vai concorrer nas próximas eleições e disse estar confiante com o resultado da disputa. “Não foi, inicialmente, uma pretensão minha, mas sim do grupo, já faz seis anos que faço parte da diretoria da Subseção e fui escolhido pela maioria do pessoal para poder representar a pré-candidatura em Goianésia no próximo pleito. E como o bom soldado não foge à luta, estamos firmes para poder enfrentar esse desafio ao lado de Rafael Lara. E, se Deus quiser, em novembro vamos ser eleitos”, disse Denys, que afirmou ainda não conhecer a existência de nome melhor do que Rafael Lara para representar a advocacia goiana. “Ele é um advogado novo, tem uma articulação muito boa, além de muito dinâmico e competente”.

A advogada Karlla de Oliveira vai disputar a vice-presidência da Subseção de Goianésia e revela que seu sonho de ser advogada tomou novas proporções com o anseio de batalhar pela advocacia. “Então eu precisava ajudar a minha classe a gostar da advocacia como eu gosto. E quando eu vi que o Rafael Lara era o pré-candidato a presidente da nossa seccional, aí foi impossível falar não quando me fizeram o convite. Sendo o Rafael na seccional e o nosso grupo que nós montamos aqui em Goianésia, não tinha como a gente recuar, tinha que aceitar o desafio para trabalhar em favor da classe”, revelou Karlla.

O atual presidente da Subseção do município, Uigvan Filho, manifestou seu total apoio aos pré-candidatos, visto que entende que a definição dos colegas para concorrer aos cargos foi uma escolha democrática dos advogados locais. “O nome do doutor Denys, juntamente com os demais pré-candidatos que compõem o grupo, surgiu na verdade de um consenso entre eles, ouvindo a advocacia. Quando me procuraram eu informei que eu não apontaria para nenhum nome, porque eu acho que é a advocacia que tem que escolher. Nós fizemos isso nas duas últimas gestões e foi uma escolha democrática antes do pleito. O que foi dito por mim a eles é que se ouvissem a advocacia e seguissem com o projeto do Rafael Lara, eles teriam meu apoio. Então isso surgiu de forma natural e acredito que o Movimento tem crescido cada vez mais e eu não poderia ir contra a vontade da advocacia”, contou Uigvan Filho.

Comentários