Política & Justiça

Bolsonaro envia áudio para caminhoneiros e pede que estradas sejam liberadas

A veracidade do áudio foi confirmada pelo ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em suas redes sociais, onde assim como o presidente, ele também pediu a liberação das rodovias

diario da manha

Caminhoneiros que apoiam o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) começaram a bloquear as estradas na última quarta-feira, 8, no entanto, o chefe do executivo nacional na noite de ontem, pediu para que eles liberem as rodovias.

Na mensagem divulgada por meio de um áudio Bolsonaro além de pedir que o grupo de apoiadores libere as estradas, salienta que a interrupção nas rodovias é prejudicial para a economia do país.

“Esse bloqueio ai atrapalha a nossa economia, isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dá um toque nos caras ai, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade”, disse o presidente no áudio.

Confira o áudio enviado por Bolsonaro para os Caminhoneiros, no qual ele pede para que as estradas sejam liberadas:

A paralização na ontem chegou a deixar algumas cidades sem combustível por conta dos protestos. Os grupos chegaram a ocupar as rodovias de pelos menos 15 estados nesta quarta-feira, com bloqueios totais e parciais das vias em algumas cidades. Vale ressaltar que os manifestantes são apoiadores da atual gestão brasileira ou ligados ao agronegócio, e não conta com o apoio formal de entidades da categoria.

Outro ponto que deve ser salientado é que alguns desses manifestantes tem como pauta a pressão para que os ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) sejam afastados.

Algumas pessoas chegaram a duvidar da veracidade do áudio enviado aos caminhoneiros, o qual fez com que o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, divulgasse um vídeo nas redes sociais, onde confirma a veracidade do áudio e corrobora o pedido do presidente para que as vias sejam liberadas.

*Com informações da Folha de São Paulo

Leia também:

Comentários