Política & Justiça

Vereador quer proibir instalação de banheiros unissex em Goiânia

A proposta diz que os estabelecimentos que já utilizem o banheiro, terão que mudar a finalidade do mesmo para "Banheiro Família", salvo exceção quando o mesmo for o único do estabelecimento e de uso individual

diario da manha
Foto: Reprodução

O vereador Ronilson Reis (Podemos) apresentou um projeto de lei no qual proíbe que banheiros unissex/neutros sejam instalados em espaços públicos ou privados em Goiânia. De acordo com a proposta do parlamentar, caso haja o descumprimento da lei, caso aprovada, os responsáveis serão multados em até R$ 2 mil e ainda poderão ter o funcionamento suspenso ou o alvará do estabelecimento ser cancelado.

O vereador alegou que a instalação dos banheiros unissex/neutros provoca desconforto e classificou como inconveniente. De acordo com o texto, o projeto tem o objetivo de manter as condições sanitárias e evitar a disseminação de doenças e preservar a intimidade e segurança das mulheres.

O parlamentar justifica afirma que a proposta também é uma forma de evitar que crimes como assédio sexual ocorram nesses locais, e que os mesmos são frequentes. “Queremos proteger também as nossas crianças e adolescentes que ficam expostas nesse ambiente”, ressalta o vereador.

A proposta traz ainda que estabelecimentos que tenham o banheiro unissex em funcionamento antes da lei ser aprovada, terão que mudar a finalidade do mesmo para “Banheiro Família”, salvo exceção quando este for o único banheiro do estabelecimento e que o mesmo seja de uso individual.

Casos recentes de banheiros unissex

Fora do Brasil, Joana Prado Belfort, a ex-feiticeira usou seu perfil no Instagram para relatar que foi a um estabelecimento comercial com a filha, e que o mesmo já continha banheiros unissex.

No caso mais recente uma mulher reclamou de uma rede de fast food, na capital paulista, a qual também já passou a utilizar os banheiros.

Leia também:

Comentários