Política & Justiça

Bolsonaro diz que 12 ministros vão deixar o governo em março

.

diario da manha
Jair Bolsonaro: saída de ministros para a disputa às eleições

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou que 12 de seus ministros devem deixar os cargos em março para disputar as eleições. A previsão inicial era de que oito palacianos deixassem as funções.

Cada ministro já fez um relatório do que foi feito nos últimos três anos. “Nós vamos continuar trabalhando sem parar. No fim de março, nós devemos ter 12 ministros que vão concorrer a cargos eletivos pelo Brasil e já está praticamente acertado quem os substituirão. E continuarão mantendo o mesmo ritmo”, disse Bolsonaro.

O mandatário também disse que “o povo brasileiro não terá uma eleição difícil” e traçou uma comparação de seu governo com a de gestões realizadas pelo PT (Partido dos Trabalhadores), seu principal oponente nas eleições que serão realizadas em outubro.

“Eu creio que não vai ser uma eleição difícil para o povo brasileiro. Vocês vão poder comparar praticamente quatro anos do meu governo com 14 do PT. Lá atrás, voltado por (sic) promessas, ilusões e um governo com muita corrupção e sem perspectiva de futuro. E o nosso, a gente mostra, né? Nós temos mostrado o que tem sido feito ao longo desse tempo todo. Então não acho que vai ser difícil a população escolher em outubro quem ela quer para comandar o nosso país a partir de 2023”, afirmou o presidente em entrevista a uma emissora de rádio.

Comentários