Política & Justiça

Projeto de Lissauer reforça enfrentamento à violência doméstica

.

diario da manha
Lissauer Vieira: medida de proteção às mulheres goianas

O presidente da Assembleia Legislativa Lissauer Vieira (PSB) apresentou, ano passado, uma série de projetos de grande relevância para a sociedade goiana. Entre eles está o Protocolo Sinal Vermelho de Combate à Violência Doméstica. O projeto foi sancionado pelo governador Ronaldo Caiado e que tem contribuído de forma significativa para a segurança e auxílio às mulheres vítimas de agressão dentro do núcleo familiar em todo o estado.

Reforçando a importância dessa iniciativa, o chefe do Poder Legislativo destacou a reportagem veiculada na primeira edição do Jornal Anhanguera, do último sábado (08), em que um homem de 42 anos foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada, que tem 21 anos, na fazenda em que moravam em Aporé, no extremo Sudoeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a jovem conseguiu enviar à irmã uma foto de uma mão com um “X” vermelho para indicar que estava sendo vítima de violência e, após o pedido de ajuda, a denúncia chegou até as autoridades policiais.

Apresentado em abril do ano passado pelo deputado Lissauer Vieira, o Protocolo Sinal Vermelho de Combate e Prevenção à Violência Doméstica e Familiar é objeto de solicitação da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) e foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares goianos.

A medida consiste no pedido de socorro denominado “Sinal Vermelho”, em que a mulher agredida se aproximará de pessoa próxima dizendo “sinal vermelho” ou através de sinal, de preferência vermelho, feito pela vítima na palma da mão na forma de um “X” com caneta, batom ou qualquer outro material acessível.

Comentários