Política & Justiça

Pablo Marçal busca tirar votos entre evangélicos jovens

.

diario da manha
Pablo Marçal: tentativa de crescimento junto ao eleitor jovem

Pré-candidato à Presidência pelo Pros, o coach Pablo Marçal quer disputar o segmento dos evangélicos, especialmente os mais jovens, com o presidente Jair Bolsonaro (PL). “Já recebemos relatos de pessoas ligadas ao Bolsonaro mostrando preocupação com o apelo do Pablo junto a esse público”, diz Michel Winter, principal estrategista de sua campanha.

Marçal teve 1% na pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23), patamar que se manteve inalterado entre evangélicos e jovens de 16 a 24 anos.

Ex-integrante da equipe de comunicação de Bolsonaro na campanha de 2018, Winter afirma que seu candidato pretende percorrer 17 estados até o mês que vem para se tornar mais conhecido. “Ele está se apresentando para as pessoas. Em todos os locais em que passamos ele tem reunido no mínimo mil pessoas”, afirma Winter, num fenômeno que diz lembrar a recepção a Bolsonaro em aeroportos pelo país a partir de 2017.

Marçal, afirma seu estrategista, é evangélico, mas não se apresenta como representante de alguma denominação em particular. “Ele não carrega placa de nenhuma igreja. Por isso sua popularidade no meio é tão grande”, diz.

Já o discurso voltado aos jovens, afirma Winter, deve-se ao dinamismo do candidato. “O Pablo é muito diferenciado. É muito objetivo, bom empreendedor, tem dinamismo, conhecimento muito forte do que fala. Ele é um visionário, entende que o jovem é o futuro do país”, diz.

Em janeiro deste ano, Marçal foi destaque no noticiário por outro motivo, no entanto. Ele liderou uma expedição de 32 pessoas por uma área montanhosa em São Paulo como parte de seu programa de coaching motivacional. O grupo precisou ser resgatado pelos bombeiros, devido às más condições climáticas.

Comentários