Justiça

Justiça absolve André Aranha da acusação de estuprar Mariana Ferrer

Em 2020, André foi absolvido pelo mesmo crime

diario da manha
Foto/Reprodução

Na tarde dessa quinta-feira, 7, a Justiça absolveu André Aranha, 45 anos, da acusação de estupro contra a influenciadora Mariana Ferrer, 24 anos. O crime caso aconteceu em 2020.

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) absolveu André de Camargo Aranha por unanimidade de 3 votos a 0, da acusação de estupro de vulnerável contra Mariana Ferrer.

Apesar da defesa negar o suposto estupro, a perícia constatou no exame de corpo de delito que encontrou sêmen de André, sangue da vítima e que o hímen de Mari Ferrer foi rompido. Além disso, também foram anexados áudios, vídeos e roupas manchadas de sangue da vítima como provas da agressão.

Internautas de todo o país estão revoltados com a decisão final da justiça. Mariana Ferrer está entre os assuntos mais comentados do Twitter, acompanhado de pedidos de justiça.

O Deputado Federal, Alexandre Padilha, se diz indignado com a absolvição de André Aranha.

A jornalista Amanda Audi fez um desabafo, em sua publicação, afirmando que não há Justiça no Brasil.

ao

Os advogados da vítima ainda não se pronunciaram em relação à decisão.

Aguarde para mais informações.

Leia Também

Comentários