Rio Verde

Cachorra é encontrada degolada e queimada em Rio Verde. Suspeito já está detido

No local em que o suspeito matou a cachorra, foram encontrados três filhotes do animal

diario da manha
Foto/Divulgação PC-GO

No último domingo (29/9) a Polícia Civil do Estado de Goiás recebeu uma denúncia anônima de que um homem, de 31 anos, teria degolado e ateado fogo em uma cachorra, no bairro Santa Cruz I, em Rio Verde, Região Sudoeste do Estado de Goiás.

Após a denúncia, policiais foram até o local e encontraram o corpo da cachorra, próximo a uma fogueira, queimado no quintal da residência. O suspeito de ter praticado o crime, Valdecir Ferreira de Sousa, não estava no local quando os polícias chegaram, no entanto, após buscas, os agentes encontraram o suspeito nas proximidades.

Ao ser questionado sobre o crime, o suspeito informou que antes de matar a cachorra, pretendia cometer o crime contra uma pessoa. Porém, como não encontrou uma vítima, decidiu assassinar o animal. Ele foi preso e levado à delegacia, onde foi autuado pelo crime de maus-tratos a animais, previsto no Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais.

Filhos de cachorra serão encaminhados para adoção

No local em que o suspeito matou a cachorra, foram encontrados três filhotes do animal, que foram resgatados e encaminhados para o canil da Delegacia de Polícia Civil. O trio deve ser colocado para adoção, para mais informações ligue: 3620-0985.

Comentários