Rio Verde

Fake news sobre UniRV leva multidão à Câmara de Rio Verde

diario da manha

Uma avalanche de informações falsas tomou conta das redes sociais durante todo o dia e levou centenas de alunos, servidores e professores da Universidade de Rio Verde à Câmara Municipal de Rio Verde nesta quinta-feira, 21. Para garantir o maior número de pessoas na sessão e pressionar os vereadores a rejeitarem o PL 175/2019, o reitor suspendeu  bancas de avaliação, aulas e todas atividades e professores levaram lista de presença para o plenário.

A principal mudança no projeto referente à UniRV é a recriação da figura do Presidente, que ficaria encarregado da gestão administrativa e financeira da instituição, enquanto ao reitor caberia a gestão apenas da área educacional e pedagógica. A proposta não retira a autonomia da instituição, que continuaria sendo uma fundação municipal com a manutenção do mesmo modelo de eleição da reitoria pela comunidade acadêmica. 

No entanto, mensagens inflamadas em grupos de Whatsapp e Facebook deram um tom de calamidade à proposta, afirmando que ela representaria “o fim” da universidade, assim como uma ameaça aos alunos e até descredenciamento de cursos pelo MEC. Com o plenário lotado, não faltaram “salvadores da pátria” e a sessão foi transformada em um palanque pelo grupo de oposição ao prefeito Paulo do Vale.

Comentários