Saúde

Viagra: “Fumaça do amor” é liberada e atrai turistas

diario da manha
Foto/Reprodução/Internet

A vila Ringaskiddy, na Irlanda, recebeu a atenção após o Reino Unido autorizar a venda das pílulas azuis que combatem a disfunção erétil, fabricadas pela empresa Pfizer. O viagra é fabricado a mais de 20 anos no local e seria responsável por produzir o que ficou conhecido como “fumaça do amor”.

Os moradores da vila fazem elogios e brincadeiras sobre a fumaça que sai da fábrica que produz o Viagra, dizendo que não precisam da medicação para ter seus efeitos efeitos. Outros contam histórias sobre homens que se reúnem ao redor da fábrica para inalar os vapores do viagra, que saem do local.

Em uma entrevista ao The Times, uma mulher falou que recebem o medicamento sem custo algum há anos e que o número de turistas tem aumentado desde que a fumaça ficou famosa. “É incrível o número de pessoas que vêm a esta aldeia, talvez por curiosidade, e nunca mais vão embora”, disse.

Conforme os moradores o ar de Ringaskiddy está cheio de poderes afrodisíacos, mas a porta-voz da empresa Pfizer,  afirmou que todo o procedimento feito no fabrico das pílulas é sofisticado e fiscalizado com bastante segurança.

(Com informações de O Globo)

Comentários

Mais de Saúde