Saúde

Junho Vermelho na Policlínica de Goianésia

Unidade realiza palestra para público interno sobre a importância da doação de sangue

diario da manha

Quem precisa de sangue depende da generosidade da população, diante disso a Policlínica de Posse abraçou a Campanha Junho Vermelho, alusiva à Doação de Sangue, e realizou uma palestra de conscientização para o público interno da unidade. 

A palestra foi conduzida pela assistente social da Policlínica de Goianésia, Déborah Godinho. Ela abordou a importância da doação de sangue e esclareceu dúvidas sobre o assunto. “Nosso objetivo foi sensibilizar e informar sobre a doação de sangue, da necessidade que os Hemocentros têm diariamente, sendo um gesto solidário que pode salvar vidas” disse.  

Para a diretora da Policlínica, Deise Bosso, a ação busca esclarecer e desmistificar informações sobre o tema. “Sanar essas dúvidas nos ajuda a conquistar mais doadores para uma causa sempre necessária. A doação de sangue é fazer o bem sem olhar a quem’”, afirmou.
 
Campanha Junho Vermelho  

A campanha Junho Vermelho é uma iniciativa do movimento Eu Dou Sangue, criado em 2015. O mês de junho foi escolhido por dois motivos. Um deles é por conta do dia 14 deste mês, em que é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue.

A outra questão é de ordem mais prática: os meses mais frios, como junho, julho e agosto, registram uma baixa de doações nos hemocentros.O fato de este ser um período de férias escolares, em que mais famílias viajam, também contribui para a redução das bolsas de sangue.

O movimento, além de homenagear os doadores de sangue, busca chamar a atenção de mais pessoas para a necessidade de também realizar esse gesto de generosidade. As cidades, aos poucos, começam a aderir à campanha, iluminando de vermelho seus principais monumentos e prédios no mês de junho.

Leia também:

Comentários