Saúde

A maior remessa de vacinas contra a covid-19 chega no Brasil

As doses foram enviadas em quatro voos diferentes, cerca de 5,1 milhões de doses

diario da manha
Foto: via G1

O Brasil acaba de receber novas remessas de vacinas da Pfizer, contra a covid-19, neste domingo (12). Está seria a maior remessa desde o início do acordo com o governo federal.

As doses foram enviadas em quatro voos diferentes, cerca de 5,1 milhões de doses. As aeronaves vão desembarcar no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

No inicio a previsão era de apenas três lotes, porém, a remessa que era prevista para sábado (11), com 1.392.300 vacinas, foi remanejada e chegou no aeroporto de Campinas às 3h02 deste domingo. Os outros três aviões desembarcam no aeroporto ao longo do dia.

Veja os horários.

  • 70º Lote: 1.134.900 doses (previsto para 7h30, pousou às 8h05)
  • 71º Lote: 1.521.000 doses (previsto para 14h55)
  • 72º Lote: 1.133.730 doses (previsto para 16h15)

A empresa após realizar um novo cronograma, que é realizar o envio de 8,9 milhões de doses da vacina ao país até este domingo (12). As outras entregas foram feitas durante a semana, também após uma reprogramação.

Já foram entregues ao Ministério da Saúde, em 68 lotes, cerca de 67,3 milhões das 100 milhões de doses do primeiro contrato com a Pfizer, que foi assinado em 19 de março de 2021. Há um novo contrato assinado em 14 de maio entre a Pfizer e o Governo Federal, que prevê a entrega de outras 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A empresa diz que irá cumprir o cronograma de entrega total até o final de 2021.

Todas as vacinas da Pfizer será desembarcadas no Aeroporto de Viracopos em Campinas (SP). A primeira remessa recebida pelo país em 29 de abril foi de 1 milhão de doses, que em cerimônia que contou com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Leia Também

Comentários