Saúde

Tudo para agradar o paciente

Cícero Gonçalves Sales, de 24 anos, internado no Hugo há 50 dias toma sorvete. Ele se ausentou por alguns minutos do leito para saborear a guloseima e sentir a luz do sol

diario da manha

“É como se estivesse tomando sorvete pela primeira vez”. Assim relatou Cícero Gonçalves Sales, de 24 anos, ao tomar um sorvete de chocolate durante um banho de sol na área externa do Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo). A ação realizada pela equipe multiprofissional faz parte da campanha ‘O que importa para você?’, que tem o propósito de estimular conversas mais significativas entre profissionais de saúde e pacientes, criando um elo de compaixão e empatia entre eles.

De acordo com a nutricionista Mayara dos Anjos, ao ser perguntado ao paciente “O que importa para você?” ele revelou o desejo de tomar sorvete. “Eu avalio o Cícero há alguns dias, e durante o atendimento ele me contou que estava com vontade de comer coisas diferentes, e deu como exemplo o sorvete. Em discussão do plano terapêutico, sugeri realizar o desejo dele com banho de sol”, conta.

Mayara ressalta que a ação possibilita vários benefícios ao paciente. “O paciente apresenta uma confiabilidade maior no trabalho da equipe. Nós estreitamos o vínculo de todas as formas, e o paciente passa a enxergar que é benéfico melhorar a alimentação. O Cícero estava queixoso, não dava muita conversa para equipe, e com o atendimento humanizado conseguimos fortalecer a relação até ele demonstrar a vontade de comer uma coisa diferente. É uma forma de contribuir com o bem-estar total do paciente”, afirma a nutricionista.

Para o paciente a experiência foi positiva. “Já tinha tempo que não sabia o que era tomar um sorvete. Com a internação temos muitas restrições, e este momento foi como se estivesse tomando sorvete pela primeira. Foi muito prazeroso”, disse Cícero. Durante a ação, o paciente revelou que está sendo bem atendido na unidade e brincou que queria morar no Hugo. Cícero está em tratamento no hospital há 50 dias. No período de hospitalização, ele ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por 17 dias e agora segue em recuperação na enfermaria.

Segundo a psicóloga Mônica Benevides, que também acompanhou o Cícero durante o banho de sol, um simples cuidado, acolhimento reflete no bem-estar emocional do paciente. “Essa ação minimiza o sofrimento do paciente de internação prolongada. Com isso, ele se sente cuidado e importante não só fisicamente, mas também emocionalmente. São pequenos gestos que fazem diferença na vida do ser humano. Nós do Hugo olhamos para o paciente com humanização, onde ele é valioso para nossa equipe”, finaliza.

Para dar continuidade ao cuidado humanizado, Cícero recebeu da Comissão de Humanização do Hugo um Kit higiene pessoal.

Leia também:

Comentários