Saúde

Policlínica Estadual de Quirinópolis celebra Outubro Rosa

Atividades têm o objetivo de conscientizar que a luta contra o câncer de mama é uma luta pela vida 

diario da manha
Foto: Divulgação

A Policlínica Estadual da Região Sudoeste – Quirinópolis realizou realizou na última sexta-feira, 22, uma série de ações em alusão ao Outubro Rosa,  mês em que se intensificam ações de prevenção do câncer de mama.
 
A enfermeira Etiene Miranda ministrou uma palestra para o público da unidade de saúde sobre o câncer de mama. A profissional abordou sobre a importância do autoexame. “O auto exame é uma das formas de prevenção , porém não substitui o acompanhamento médico e exames de rotina. Deve ser realizado a partir do sétimo dia de início da menstruação, ou uma vez ao mês para aquelas que estão na menopausa”, relatou.
 
A profissional ressalta que durante a observação é importante avaliar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades. “Caso existam alterações que não estavam presentes no exame anterior ou existam diferenças entre as mamas é recomendado consultar o ginecologista ou um mastologista”, afirma.
 
A unidade de saúde promoveu também uma palestra com as nutricionistas Suziane Garcia e Brenda Pimentel Ribeiro Costa sobre os alimentos que previnem a doença. De acordo  com Suziane, o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o tumor que mais acomete as mulheres. Se diagnosticado e tratado precocemente, o prognóstico em geral é bom.
 
Existem os riscos não modificáveis, os relacionados à idade, genética, história familiar, raça. E os modificáveis, que são aqueles que podem ser diminuídos conforme o estilo de vida e as decisões da própria pessoa, como ser mãe antes dos 30 anos, amamentar, evitar o uso de álcool, praticar atividade física, manter um peso saudável”, destaca.
 
Para a nutricionista Brenda, ingerir alimentos de boa qualidade tem papel fundamental na prevenção do tumor.”Ter uma alimentação rica em alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras e cereais integrais podem prevenir novos casos de câncer. A alimentação saudável é um fator predominante para evitar o desenvolvimento de câncer de mama e diversos outros tipos de tumores”, disse.
 
Para finalizar as ações, a equipe multiprofissional da unidade realizou a dinâmica ‘O Barco da Vida’, onde as psicólogas e assistentes sociais da unidade fizeram uma analogia da dinâmica com o câncer de mama. Segundo as profissionais, o barco simboliza a vida e o alto-mar e os acontecimentos vividos, pois são cheios de altos e baixos.
 
“O barco é destruído pouco a pouco com cada circunstância que o Câncer de mama traz. Cada etapa do tratamento da doença deixa sequelas físicas, emocionais e psicológicas. Somente quando não vemos a possibilidade de seguir em frente, e achamos que não conseguimos é que encontramos a solução. Nos desdobramos e avistamos um colete salva-vidas. Esse colete pode ser a aceitação do tratamento ou então o autoexame preventivo. somente quando vestimos esse colete podemos salvar nossas vidas. Vista o seu também”, finalizaram.

Comentários