Senador Canedo

Neto é preso suspeito de matar e decapitar avô, em Senador Canedo

Neto da vítima estava no local como testemunha, mas foi preso como suspeito do crime, e durante depoimento confessou a autoria

diario da manha

O neto do idoso de 82 anos que foi encontrado morto e decapitado em sua residência, em Senador Canedo, foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) como principal suspeito do crime.

De acordo com as informações divulgadas, o homicídio foi registrado na última terça-feira, 31, no Bairro Residencial Jardim Canedo. Um vizinho da vítima sentiu falta dele, e ligou para o filho do idoso, que foi até ao local acompanhado de um rapaz, de 19 anos, que é neto da vítima.

A polícia afirmou que o vizinho visitava a vítima de forma costumeira, mas que na tarde de ontem, ele estranhou o portão estar trancado, e o fato do homem não atender o telefone.

Após entrar em contato com a família do idoso, o filho e o neto da vítima estiveram no local, e encontraram o corpo dele na entrada da casa, caído na porta da sala e sem a cabeça.

Durante os levantamentos feitos pela equipe policial que esteve no local, a polícia identificou indícios de que o neto da vítima, de 19 anos, foi o autor do homicídio do próprio avó. Como a cabeça do idoso não foi encontrada na residência, o rapaz indicou onde ele jogou a cabeça da vítima, a qual foi encontrada em uma sacola de plásticos, na região de mata no Jardim Canedo III.

O rapaz neste momento presta depoimento sobre o crime ao delegado responsável pelas investigações, e o mesmo segundo as informações da polícia, confessou o crime.

Leia também:

Comentários