Brasil

Aluno entra em escola e atira contra colegas em MG

Localizada em Caraí, Minas Gerais, a escola estava funcionando normalmente, quando às 8h da manhã começou os disparos

diario da manha
Foto: Poliany Mattos/Arquivo Pessoal

Aluno de 17 anos pulou o muro e entrou na Escola Estadual Orlando Tavares, no distrito de Ponto do Marambaia, no Vale do Jequitinhonha, na manhã desta quinta-feira (07/11) e iniciou um ataque à tiros dentro do local. Localizada na zona rural de Caraí, Minas Gerais, a escola estava funcionando normalmente, quando às 8h da manhã começou os disparos.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Educação, um aluno que não havia ido à aula, pulou o muro e iniciou o ataque à tiros. Dois estudantes do 1° ano do Ensino Médio ficaram feridos. Eles estavam dentro da sala com a porta fechada, porém os tiros atravessaram a porta e atingiu o pescoço de uma vítima e um dos braços de outra.

Os alunos feridos foram socorridos pelo Samu e encaminhados ao hospital Nossa Senhora Mãe da Igreja, em Padre Paraíso. De acordo com o comunicado do hospital, os estudantes já estão com o quadro de saúde estável. um deles recebeu transfusão de sangue e aguarda transferência para hospital em Teófilo Otoni.

A Polícia Militar prendeu o autor dos disparos e outro adolescente, mas ainda não se sabe qual foi a participação dele no crime. Porém mais à tarde, a Secretaria de Estado de Educação informou que apenas um aluno entrou na escola. Uma das investigações é sobre como realmente o atirador entrou na escola. A PM confirmou que após os tiros, o criminoso voltou para casa e que o irmão dele o convenceu de esperar pela polícia e se entregar.

Veja a nota da Secretaria de Estado de Educação sobre o caso do aluno atirador em Caraí

“A equipe da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Teófilo Otoni está no local para apurar a situação e dar todo o apoio e auxílio à direção da unidade escolar, à comunidade escolar e às famílias dos dois alunos feridos. De acordo com a direção da unidade, os dois tiros foram disparados por um aluno da instituição que não estava presente hoje às aulas, pulou o muro da escola armado e efetuou os disparos. A direção da escola acionou a Polícia Militar imediatamente e os dois alunos feridos foram levados para o hospital”.

Comentários