Brasil

YouTube remove 14 lives de Bolsonaro por "informações incorretas" sobre Covid-19

Nas publicações deletadas, o presidente defendia o uso da cloroquina e da ivermectina no tratamento da Covid-19.

diario da manha

O YouTube removeu nesta quarta-feira (21) cerca de 14 lives do canal de Jair Bolsonaro. Nas publicações deletadas, o presidente defendia o uso da cloroquina e da ivermectina no tratamento da Covid-19. As informações são do Metrópoles.

De acordo com a plataforma, os vídeos foram removidos por violar as políticas de informações médicas incorretas sobre o vírus.

“Nossas regras não permitem conteúdo que afirma que hidroxicloroquina e/ou ivermectina são eficazes para tratar ou prevenir covid-19; garante que há uma cura para a doença; ou assegura que as máscaras não funcionam para evitar a propagação do vírus”, diz o comunicado.

Leia também: Boris Casoy detona negacionismo de Bolsonaro: “Não tem vacina contra burrice”

“Essas diretrizes estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais e atualizamos nossas políticas conforme as mudanças nessas orientações”.

O Youtube também afirmou que aplica políticas “de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem seja o produtor de conteúdo ou de visão política”.

Leia também: Galvão Bueno e família tem contas bloqueadas pela Justiça

Comentários