Brasil

Motoristas abastecem e fogem sem pagar

Conforme a polícia, os motoristas podem responder pelos crimes de estelionato e adulteração de sinal identificador

diario da manha

Alguns motoristas foram flagrados fugindo de postos de combustíveis sem pagar pelo abastecimento em Manaus. A polícia busca pelos suspeitos de praticarem o crime considerado estelionato.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), Denis Pinho, o aumento do preço dos combustíveis, como a gasolina, que se aproxima de R$ 6, pode ter incitado ao crime.

“É uma modalidade nova que vem acontecendo rotineiramente. Tudo isso pode ser em decorrência do valor da gasolina que tem aumentado. Eu quero salientar que para as pessoas que praticam esse delito, a pena de reclusão é de 1 a 5 anos”, afirma o delegado.

Segundo Denis, a polícia teve acesso a um dos flagrantes e busca pelo suspeito. Ele também orienta que as vítimas registrem Boletins de Ocorrência (B.O.) e procurem a delegacia.

“Que não esqueça também de procurar a delegacia fisicamente. É necessário que tem que se fazer a representação. A polícia não pode agir somente com o boletim de ocorrência. A vítima tem que manifestar o interesse de dar prosseguimento no feito”, explica.

Conforme a polícia, os motoristas podem responder pelos crimes de estelionato e adulteração de sinal identificador em veículo automotor, caso modifiquem a identificação das placas dos veículos durante a prática dos crimes.

“A pena para este crime é um pouco mais elevada. Somando as duas penas, tanto do estelionato, quanto da adulteração de sinal identificador, temos mais de 11 anos de pena máxima de reclusão para as pessoas que cometem estes delitos”, finaliza o delegado.

Leia também:

Comentários