Brasil

Explosão causada por álcool em gel matou jogador em SP

O acidente aconteceu durante uma confraternização na casa do treinador de Daniel

diario da manha

O acidente que matou o jogador Daniel Asafi Rodrigues de Arruda, de 14 anos, atleta das categorias de base do São Caetano, filho do ex-jogador do Santos e atual treinador do São Caetano, Axel Rodrigues Arruda, ocorreu após explosão em um réchaud. De acordo com a polícia, as chamas do utensílio entraram em contato com álcool em gel.

O caso ocorreu no dia 13 de fevereiro, na casa do treinador de Daniel, em Santos durante uma confraternização. O atleta foi o mais atingido e foi levado em estado grave para o hospital. Após o acidente, todos foram encaminhados para a Santa Casa de Santos, mas Axel e Marquinhos tiveram alta médica logo em seguida.

Em nota, a assessoria do time confirmou a morte do jogador e disse que lamenta o ocorrido. Nas redes sociais também foram feitas diversas homenagens a ele.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários