Brasil

'Eu não tenho nada', diz rapaz antes de morrer com 4 tiros em assalto

O caso aconteceu na útima segunda-feira 25. Crime é investigado pela polícia

diario da manha
Foto: Reprodução

Antes ser morto com quatro tiros ao reagir a um roubo cometido por um falso entregador na Zona Sul de São Paulo, Renan Silva Loureiro se ajoelha e diz “eu não tenho nada”, na noite da última segunda-feira 25 .

A polícia civil analisa as imagens das câmaras de segurança em busca de localizar o suspeito. O assaltante fugiu do local, levando o celular da namorada de Renan, que estava junto com o rapaz e aparece pedindo por socorro. A investigação também procura mais imagens na região ondo o fato ocorreu.

O caso foi registrado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, no 16º Distrito Policial (DP), Vila Clementino. O Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) abriu o inquérito dele, mas a investigação será feita pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários