Brasil

Suspeito de matar idosa e funcionária é preso

O delegado Alexandre Herdy, que aconpanha o caso, disse que Jonatan não resistiu ao ser preso e confessou participação no crime

diario da manha

A Polícia Civil prendeu um dos suspeitos de ter matado uma idosa e uma diarista no Flamengo, na Zona Sul do Rio. A prisão ocorreu na tarde da última sexta-feira, 10. Jonatan Correia Damasceno, que trabalhou como pintor para a idosa, foi detido na Favela de Acari, na Zona Norte da cidade, e levado para a Delegacia de Homicídios. Um outro homem que trabalhava com o suspeito ainda é procurado. Ele foi identificado como Willian Oliveira Fonseca.

O delegado Alexandre Herdy, que acompanha o caso, disse que Jonatan não resistiu ao ser preso e confessou participação no crime. O imóvel pegou fogo, e as mulheres, segundo a família de uma das vítimas, foram decapitadas. O corpo de uma delas estaria carbonizado.

Segundo informaçõesdo G1

Leia também:

Comentários