cidades

Professores e alunos em Educação protestam em todo o Estado contra corte e previdência

diario da manha

Professores e estudantes  protestam desde o início da manhã contra a Reforma da Previdência e o bloqueio de recursos  para todas as universidades federais e institutos federais. Em diversas cidades do estado,  escolas e universidades suspenderam as aulas por conta dos atos. As concentrações já começaram  em Goiânia, Anápolis  Jataí, Anápolis, Catalão entre outras.

Em Goiânia, trabalhadores em Educação vinculados à Universidade Federal de Goiás (UFG) se reúnem no Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae) para discutir os bloqueios financeiros realizados pelo governo federal e a reforma da previdência. Depois os manifestantes seguem  até a reitoria da universidade e  caminham  até a Praça Universitária, onde entidades estudantis realizarão uma assembléia fortalecendo as reivindicações.

A praça ainda será palco de um ato unificado às 15h, com a participação de sindicatos e centrais sindicais.

Em nota a Secretaria Municipal de Educação e Esporte de Goiânia afirmou que o ato  é “legítimo”e que “69 das instituições de ensino da rede municipal aderiram ao movimento, totalizando 245 unidades, que suspenderam suas atividades do dia”.

 

 

 

 

Comentários