Cidades

Condenado por matar assassino do cartunista Glauco é morto, em Aparecida de Goiânia

Suspeito estava em um estabelecimento comercial momentos antes do crime.

diario da manha
Foto: Reprodução

Nilson Ferreira de Almeida, de 51 anos, foi morto a tiros nesta segunda-feira (22/7) na frente do filho adolescente, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital. A vítima passou a ser conhecida em 2016, após ser indiciado por matar assassino do cartunista Glauco e seu filho Raoni Villas Boas, Carlos Eduardo Sandfeld, dentro da unidade prisional de Aparecida de Goiânia.

Na época as investigações mostraram que Cadu foi morto pelo autor, pois Nilson descobriu um plano do companheiro de cela para matá-lo. Nilson foi indiciado pelo crime e conforme à polícia, Nilson fez uma arma artesanal e deu vários golpes na vítima durante uma briga no banho de sol dos detentos.

Cadu condenado por matar o cartunista Glauco e o filho dele em São Paulo.

Em entrevista a um jornal local, o delegado Álvaro Bueno, afirmou que Nilson estava no regime semiaberto e que na manhã de hoje caminhava com o filho adolescente pela Avenida Montenegro, no Jardim Cristal, em Aparecida de Goiânia, no momento que um homem se aproximou e atirou contra Nilson.

Suspeito de matar assassino de cartunista estava em um estabelecimento comercial antes do crime

Conforme o delegado, o suspeito estava em um estabelecimento comercial e viu o momento que a vítima passava pela região acompanhada do filho. O indivíduo chegou e atirou contra a vítima, o filho de Nilson correu e depois voltou para o lado do pai.

De acordo com a publicação do periódico, o delegado solicitou as imagens das câmeras de segurança da área e as testemunhas começaram a ser ouvidas. Conforme Álvaro Melo, o suspeito foi identificado, pois no momento do crime ele estava com o rosto descoberto e depois colocou o capacete para fugir. Mesmo com o indivíduo identificado, até o momento ninguém foi preso pelo crime.

*Com informações do G1

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO