Cidades

Denunciado homem que arrancou coração de idosa e deu para cachorro comer, em Aparecida de Goiânia

Igor foi indiciado também por corrupção de menores, por convencer dois adolescentes a ajudarem no crime.

diario da manha
Foto: Reprodução

Igor Ribeiro Nascimento foi denunciado pelo Ministério Publico do Estado de Goiás (MPGO) por latrocínio e tortura, contra a idosa Thelma Mendonça de Carvalho, de 64 anos, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital. O preso também foi denunciado por corrupção de menores, por induzir dois adolescentes a ajudá-lo na prática do crime. Na ocasião o homem arrancou o coração da vítima e deu para o cachorro dela comer.

O promotor de Justiça Milton Marcolino, autor da ação, afirmou que no dia 25 de junho Igor corrompeu a menina e um garoto, ambos com 15 anos, para ajudá-lo no crime. De acordo com o órgão, os três se encontraram em uma praça no centro da cidade e planejaram o roubo na casa da idosa.

Após planejarem o roubo, eles foram até a residência, enquanto Igor e o adolescente entraram para roubar a casa, a moça ficou em cima do muro olhando o movimento para avisar sobre a chegada da polícia.

Dentro da residência Igor e o rapaz mandaram Thelma ficar calada, em seguida os dois amarraram, amordaçaram e a trancaram em um dos quartos da residência. Depois disso a jovem que tinha ficado em cima do muro para vigiar, se juntou aos comparsa e procurou por objetos de valor na casa.

Conforme relatado na denúncia, nesse momento a vítima conseguiu cuspir a mordaça e começou a gritar por socorro, e foi ameaçada de morte, se ela não contasse onde estavam os pertences de valor e caso ela gritasse novamente. De acordo com o MPGO, Thelma foi amordaçada novamente e estuprada por Igor na ocasião.

Idosa conseguiu se livrar das amarras e pedir por socorro

A vítima conseguiu se livrar da mordaça e das amarras e correu para outro quarto, e começou a gritar por socorro novamente. Igor e o adolescente arrombaram a porta do cômodo e com uma faca eles ameaçaram e amarraram a vítima novamente.

Na denúncia contra Igor, o promotor relata que após amarrar a idosa novamente no outro quarto, o adolescente o denunciado começaram a sessão de tortura, pois não encontram nada de valor, além de R$ 9,00 em moedas e dois celulares.

De acordo com o órgão, Igor mandou o adolescente esfaquear a barriga da vítima e foi atendido, Thelma agonizava e pedia por clemência, até o momento que Igor percebeu que a idosa não havia morrido e ordenou o jovem cortasse os pulsos de Thelma.

Homem cortou o seio da vítima e depois arrancou parte do pulmão e o coração e deu para o cachorro da idosa comer

Igor após esperar passar o sangramento por alguns minutos, deu várias facadas no abdomen da vítima ainda com vida. Em seguida ele cortou o seio esquerdo de Thelma e deu para o cachorro comer.

Ainda insatisfeito e com a vítima agonizando, Igor abriu o tórax de Thelma retirou o seu coração e parte do pulmão e deu para o cachorro da idosa comer. Em seguida o acusado junto com o comparsa jogou alcoól sobre a vítima e ateou fogo no corpo. Conforme a denúncia, para esconder o cheiro de carne humano Igor e o adoslecente jogaram terra e pedaços de madiera sobre o corpo de Thelma.

Após torturar e matar a idosa, Igor e os adolescentes reitram alguns bens da residência da idosa. O adolescente ficou com um celular de Thelma, enquanto Igor ficou com uma geladeira e uma televisão. Para fazer o transporte dos bens, os envolvidos no crime pagaram R$ 20 reais de frente. Com a chave da casa em mãos, Igor e os adolescentes voltaram a casa da vítima por mais dois dias para buscar os pertences.

*Com informações do MPGO

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO