Cidades

Discussão entre vereador e prefeito de Caldas Novas quase termina em agressão

De acordo com o vereador ele levou as demandas do município ao secretário, mas foi surpreendido pelo prefeito

diario da manha
Foto: Reprodução

Na tarde da última quinta-feira (15/8), o prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP) e o vereador Léo de Oliveira (PPL) se desentenderam durante a visita do secretário estadual de saúde, Ismael Alexandrino. Após vários xingamentos de ambos os lados a discussão quase terminou em agressão.

A situação aconteceu no Pronto Atendimento Infantil (PAI) e, a agressão só não aconteceu porque o deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP) que acompanhava a visita, interferiu na discussão. De acordo com o vereador ele levou as demandas do município ao secretário, mas foi surpreendido pelo prefeito que começou a xingá-lo e tumultuar o espaço.

Segundo ele a cidade está um caos e ele foi convidado pelo deputado e aproveitou para entregar alguns ofícios e conversar com o secretário de saúde. “Eu estava tentando mostrar que uma promessa do prefeito não se confirmou. Ele prometeu 20 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), mas o custo é muito alto. O prefeito até conseguiu uma parceria com o hospital, mas não está atendendo ao público que necessita”, afirma.

Discussão começou no momento que o vereador fez um pedido ao secretário

O vereador afirma que o prefeito está devendo dois meses para o hospital e que isso foi confirmado. Ele teria ido pedir ao secretário para que pudesse reverter pelo menos 10 leitos, para o Sistema Único de Saúde (SUS). Mas segundo ele, o prefeito apelou e tentou agredi-lo. Ele ressalta que eles são representantes do povo e que, isso é uma vergonha.

Por meio de nota o prefeito de Caldas Novas afirmou que foi provocado pelo parlamentar durante a visita técnica do secretário e que, ele buscou apenas desmentir as informações que o vereador estava repassando erradamente. Ele lamenta ainda, que o fato tenha interrompido uma importante reunião, fazendo com que as autoridade presentes se retirassem rapidamente do Hospital Municipal e, por fim, revela que o vídeo que circula nas redes sociais não mostra tudo o que de fato aconteceu.

Com informações do O Popular

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO