Cidades

Vereador é preso suspeito de oferecer dinheiro para ter relação sexual com menor

O suspeito alega que a adolescente manipulou a situação para obter dinheiro dele, as investigações continuam

diario da manha

Carluzanim Bueno de Moura, vereador pelo município de Pontalina, foi preso suspeito de perseguir uma adolescente de 17 anos, oferecendo dinheiro para ter relação sexual com ela. Moura afirma que a jovem armou a situação para conseguir dinheiro dele, no entanto, foi preso nesta terça-feira, 28.

A vítima que denunciou o caso à polícia afirma que havia procurado o vereador há mais de um mês, pedindo ajuda assistencial, já que ela mora sozinha com sua filha.

Segundo o delegado Pedro Democh, desde então, a adolescente alega que Moura enviava fotos do órgão sexual e com dinheiro insinuando pagar para ter relação com ela.

A adolescente ainda pediu para o vereador deixar de mandar as mensagens ameaçando que o denunciaria à polícia. Foi neste contexto que o suspeito começou a ameaçá-la constantemente.

Moura afirmou na delegacia que a adolescente manipulou a situação para obter dinheiro dele. O delegado alega que nesse tipo de caso, o relato da vítima normalmente tem mais peso.

O vereador deverá responder por stalking, crime de perseguição à uma pessoa, e por tentativa de favorecimento à prostituição de adolescente. As investigações continuam, e o suspeito aguarda o processo no presídio da cidade.

Leia também:

Comentários