Cidades

Indiano deve sofrer pena de morte após matar esposa

A promotoria pediu a pena de morte para o criminoso, mas ainda haverá outra audiência para definir a punição

diario da manha

P. Sooraj, de 32 anos, um homem indiano deverá sofrer pena de morte após alugar uma cobra venenosa para matar esposa, a fim de ficar com suas jóias e se casar com a amante. Após investigações que duraram um ano, o suspeito foi condenado na Índia.

Uthra, a vítima, foi picada pela cobra em março do último ano, 2020, dentro de sua residência no distrito de Kollam. A mulher ficou gravemente debilitada e precisou der internada, no entanto enquanto se recuperava, foi picada novamente em maio do mesmo ano, e em seguida veio a falecer.

A família da vítima suspeitou do acontecido e exigiu que as autoridades investigassem o caso. As autoridades encontraram evidências de que o suspeito havia pesquisado coml manusear cobras venenosas por meses na internet, além de contratar o serviço de aluguel do animal.

O suspeito ainda teria dopado a vítima com pílulas pra dormir em sua bebida, e em seguida, colocou a cobra em cima da mulher. E para não ser alvo, acusou o irmão da vítima alegando que ele tinha interesse na fortuna dela.

Após um ano de apuração, os policiais conseguiram provar que o homem era culpado. O tratador admitiu durante o interrogatório que havia alugado os animais para Sooraj.

Sooraj foi culpado por homicídio, tentativa de homicídio, destruição de provas e administração de uma droga para causar danos. A promotoria pediu a pena de morte para o criminoso, mas ainda haverá outra nova sessão do tribunal para definir sua punição.

Leia também:

Comentários