Cidades

Suspeito de matar enteado de 2 anos é preso

A criança tinha vários machucados pelo corpo e possíveis sinais de violência sexual

diario da manha
Vinícius Cardoso de Araújo foi preso suspeito de matar o enteado, em Águas Lindas de Goiás Foto: Reprodução

Vinícius Cardoso de Araújo foi preso suspeito de matar o enteado, Gael Henrique do Nascimento Ribeiro, de 2 anos, asfixiado com um travesseiro, na última terça-feira, 05, em Águas Lindas de Goiás. A criança tinha vários machucados pelo corpo e possíveis sinais de violência sexual. O padrasto confessou o crime.

A Polícia Militar informou que foi acionada, e ao chegar na residência da família, foi informada que um menino estava desacordado e o padrasto tentava reanimá-lo, mas como não conseguiu, ele levou a criança ao hospital.

Gael Henrique foi atendido mas não resistiu e morreu na unidade de saúde. Segundo os familiares, a criança foi encontrada na cama, desacordada com mãos, pés e lábios roxos.

Conforme o relatório médico, “O paciente apresentava lesões pelo corpo, em diversos locais”. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal para analisar os machucados e determinar a causa da morte “e possível constatação de agressões físicas”.

Segundo a polícia, Vinícius foi preso e levado para a delegacia. Em depoimento, ele disse que sufocou a vítima com um travesseiro e, logo depois, tentou reanimar o enteado. Ele afirma que ligou para a polícia, mas decidiu levar o menino ao hospital.

A mãe de Gael Henrique disse que estava dormindo e acordou com o companheiro tentando reanimar a criança.

Leia também:

Comentários