Cidades

Jovem mata mãe e irmão e se assusta ao descobrir que o pai está vivo

O adolescente se sentiu pressionado pelos pais ao apresentar notas baixas na escola e ter que ajudar nas tarefas domésticas

diario da manha
Foto: Reprodução

Um jovem de 13 anos se sentiu pressionado pelos pais ao apresentar notas baixas na escola e ter que ajudar nas tarefas domésticas, e após o pai confiscar seu aparelho de celular, o adolescente matou a tiros a própria mãe, o irmão e deixou o pai ferido, um ex policial militar. O crime aconteceu neste sábado, 19, na cidade de Patos, no sertão da Paraíba. 

Segundo as autoridades, o jovem teria demonstrado reação de susto ao descobrir que seu pai ainda estava vivo: “Eu percebi que ele, quando soube que o pai ainda estava vivo, se assustou. Acho que ele estaria mais satisfeito se todos os três tivessem falecido”, disse o delegado Renato Leite em entrevista à TV Sol. O pai do adolescente, e dono da arma, foi baleado no tórax e se encontra em estado grave em um hospital de Campina Grande.

Confira o caso

O jovem sabia do lugar onde seu pai, o ex-policial militar, guardava uma arma dentro de casa. No entanto, aproveitou enquanto sua mãe estava dormindo, para ir até seu quarto e atirar contra ela. Seu irmão, de apenas sete anos, se assustou com o barulho e reagiu, fazendo o adolescente ir atrás do irmão. Seu pai chegou no momento e tentou fazer com que ele soltasse a arma, mas acabou sendo baleado pelo filho. Com isso, o irmão assustado, tentou socorrer o pai, mas o jovem atirou contra ele, já que estava de costas. 

O adolescente chegou a chamar o resgate, dizendo que houve um assalto em sua casa e que criminosos cometeram os homicídios. Após ligar os fatos com a perícia, o jovem confessou os crimes. Ele se encontra isolado em uma cela da Polícia Civil da Paraíba, e deve ser encaminhado ao Centro de Internação de Adolescentes, após audiência judicial. 

  • Com informações da Terra

Leia também:

Comentários