Cidades

Guardas municipais suspeitos de envolvimento em homicídios são alvos de operação

A operação visa coibir a prática de crimes dolosos contra a vida praticados por membros da Segurança Pública Municipal.

diario da manha
Foto: Reprodução

A Polícia Civil cumpre nesta quarta-feira, 27, a 2ª fase da Operação Caronte. Mandados de prisão temporária e busca e apreensão foram expedidos contra guardas municipais envolvidos em homicídios ocorridos na Serra das Areias.

Por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, a nova fase possui vínculo direto com as provas colhidas na primeira fase da operação que foi deflagrada em setembro de 2021. Nesta nova etapa, foi preso um homem suspeito de matar um casal, padrasto e mãe, respectivamente, da criança de 3 anos resgatada sozinha em casa em 08 de março de 2021, no Setor Estrela do Sul, por integrantes da própria Guarda Municipal. Este caso foi amplamente divulgado.

Simultaneamente, foram presos outros dois alvos suspeitos de praticar um duplo homicídio qualificado, também ocorrido nas Serras das Areias. Com um dos alvos, foi encontrado um colete com brasão da Polícia Militar do Estado de Goiás, sem que fosse indicada a origem.

A nova fase da operação visa coibir a prática de crimes dolosos contra a vida praticados por membros da Segurança Pública Municipal. A operação teve colaboração da Corregedoria da GCM de Aparecida de Goiânia.

Os presos serão encaminhados ao Sistema Penitenciário de Aparecida, onde aguardarão as determinações do Poder Judiciário.

Leia também:

Comentários