Cidades

Após 6 anos, Beco da Codorna recebe novos grafites, em Goiânia

O objetivo é revitalizar espaços urbanos, produzindo arte e colorindo as paredes do Beco

diario da manha
Foto: Divulgação/Festival do Beco

Após seis anos, o centro de Goiânia recebe o terceiro Festival do Beco, que acontece na Viela Miguel Rassi, conhecida como Beco da Codorna, localizado na Avenida Anhanguera. A revitalização acontece até este domingo, 5, e vai reunir mais de 80 artistas goianos, nacionais e internacionais para a maior ocupação cultural através do grafite em Goiás.

O objetivo é revitalizar espaços urbanos, produzindo arte e colorindo as paredes do Beco. Para isso, durante o evento serão oferecidas oficinas culturais gratuitas.

O festival terá shows, discotecagens e oficinas com entrada gratuita. Diretamente do Chile, o evento receberá o artista Rotka, especialista em grafites abstratos. Entre os artistas muralistas selecionados de Goiânia estão Iowa, Tchella, Selon, Cacto, Wes Gama, Decy, Kaso e vários outros artistas que já colorem os muros da capital. 

Os artistas começam a pintar o Beco da Codorna na ultima sexta-feira, 3, das 8h às 18h, com discotecagem e bar funcionando até 22h. A inauguração do Beco revitalizado acontecerá neste domingo, 5, com todos os artistas presentes.

Com informações G1

Leia também:

Comentários