Ciência

Paciente do HUGOL é batizado durante internação

diario da manha

O Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), foi palco de uma cerimônia de fé e espiritualidade, possibilitando o batismo em imersão total em águas do paciente Lucas Vinícius Silva. A ação, realizada pela primeira vez na unidade, ocorreu na própria enfermaria em que o paciente está devido à sua condição clínica, após análise e validação de uma equipe multidisciplinar e do Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde – SCIrAS do Hugol. 

“Esse batizado foi uma experiência única para mim e o Lucas, e agora estou revigorada. Eu já tinha ouvido falar dessa cerimônia em outros hospitais, mas não sabia se seria possível realizá-la aqui no Hugol e, quando conversei com a equipe assistencial, todos eles fizeram o possível para que se concretizasse. É muito bom estar em um lugar em que nossa fé é respeitada e só tenho a agradecer a todos e a Deus acima de tudo”, relatou Wanessa Francisca Vieira, mãe do paciente.

O ato religioso foi realizado pela Congregação Cristã do Brasil e um de seus membros, Evangelista Diniz, explicou a relevância dessa ação: “Aqui no hospital é feito um tratamento muito especial para salvar o corpo do Lucas, então viemos aqui para tratar da alma dele, que é sua espiritualidade. Este é um trabalho ao qual o Hugol abriu as portas e estamos muito agradecidos por estar aqui, pois acreditamos que trazer a palavra de Deus também é essencial para o bem-estar do paciente”.

O apoio à fé e à prática religiosa dos pacientes fazem parte das ações de humanização da unidade e a psicóloga do hospital, Luciana Mendonça, explicou a importância da ação no tratamento: “O atendimento da equipe multiprofissional no HUGOL vai muito além do bem-estar físico. Acreditamos que o ser humano não é só um corpo físico, então cuidamos da parte biológica, psicológica, social e espiritual. Antes, durante e após a cerimônia de batizado foi possível ver, de uma forma muito clara, o impacto positivo no paciente e em seus familiares, repercutindo até na própria equipe da unidade”.

tags:

Comentários

Mais de Ciência

11 de março de 2019 as 11:34

Caroços siameses

28 de fevereiro de 2019 as 11:54

Homo intergalacticus

20 de janeiro de 2019 as 22:09

Acompanhe o eclipse lunar, o último de 2019

4 de junho de 2018 as 18:09

Junho terá sete eventos astronômicos