Cultura

Obscuro objeto de desejo: Exposição do artista Leandro Teixeira em Goiânia

A exposição “Obscuro Objeto de Desejo” propõe ao visitante um olhar atento aos detalhes e, por isso, exige tempo e tato.

diario da manha
Foto: Reprodução/ Lino Araújo

Leandro Teixeira tem, na leveza do seu traço, a força de sua poética, e elabora sua obra a partir de complexas e diversas linguagens, como o
surrealismo e o cubismo. A exposição “Obscuro Objeto de Desejo” propõe ao visitante um olhar atento aos detalhes e, por isso, exige tempo e tato. Além disso, tem apoio institucional da Lei Municipal de incentivo à Cultura. O evento teve o seu lançamento no dia 20 de agosto, contando com um show da banda Cascavelvet, na qual o artista também atua como baterista.

O corpo da obra e a afinidade entre as imagens produzem diálogos e narrativas das mais diversas. Os desenhos dialogam entre si com vozes advindas de diferentes desejos. Neste sentido, servem tanto para um olhar exterior, quanto para um olhar sobre nós mesmos, sobre o obscuro.

O corpo humano, objeto principal dessa exposição, é desenhado de um
jeito singular, e transita entre o lógico e o surreal. Penetrar no tecido sensível de tal corpo exige, no mínimo, um grau extra de sensibilidade. “Obscuro objeto de desejo” traz, dessa forma, o corpo humano como
motivo de imaginação e possibilita o surgimento de figuras concebidas com o espírito da liberdade e o descobrimento de uma multiplicidade de formas. Os trabalhos apontam para o diálogo, para o encontro e a profunda diversidade que esse corpo múltiplo apresenta.

A mão de Leandro, insistente e delicadamente com a caneta, ecoa sua atitude artística de que o trabalho só acontece com a prática, só assim ele se efetiva. A caneta oferta a essas imagens um corpo emocional, clausura de si e do outro.

O artista goiano, é graduado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Goiás, exercita e experimenta sua sensibilidade criativa dentro das diversas linguagens artísticas, como o desenho, a pintura, a escultura e também a música.

Desde de 2009 trabalha como ilustrador, técnico em cenografia, percussionista e baterista em projetos musicais. O desenho é a fonte do impulso criador, é através dele que Leandro Teixeira pensa e traduz sua imaginação. Utilizando materiais simples, como caneta esferográfica e papel, encontramos nas obras do artista seu potencial expressivo. Os desenhos apresentam o corpo humano de um modo bastante pessoal e, assim como outros artistas já fizeram, Leandro Teixeira se apropria desta temática como motivo para sua liberdade criadora, buscando aprimorar seu estilo e sua técnica, que se revela na sutileza dos detalhes.

Os trabalhos de Leandro Teixeira ficarão expostos na galeria
Sebastião dos Reis, no Centro Cultural Octo Marques, no Edifício Parthenon
Center, do dia 21 a 28 de agosto. O horário de visitação é das 9h às 17h, de
segunda a sexta, e a entrada é franca.

SERVIÇO – Obscuro Objeto de Desejo

Exposição: Leandro Teixeira – Obscuro objeto de desejo
Abertura: 20 de agosto às 19h
Data: 21 a 28 de agosto das 9h às 17h
Local: Centro Cultural Octo Marques – Galeria Sebastião dos Reis
Endereço: Edifício Parthenon Center – Rua 4, no 515 – St. Central, Goiânia
Cep: 74020-045 – Telefone: (62) 3201-4610
Apoio Institucional: Lei Municipal de Incentivo à Cultura e Prefeitura de Goiânia
Apoio Cultural: Centro Cultural Octo Marques, Secult-Go e Governo de Goiás

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro