Entretenimento

Léo Santana é condenado a indenizar fãs em R$ 35 mil

O caso ocorreu no dia 13 de janeiro de 2018, em Guarapari (ES).

diario da manha

Léo Santana foi condenado a indenizar um casal de fãs por causa de supostas agressões cometidas por seus seguranças em um show. Em decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, o cantor foi condenado a pagar R$ 35 mil, a título de danos morais.

O caso ocorreu no dia 13 de janeiro de 2018, em Guarapari (ES), quando o casal Maurício Camargo Alves e Mariana de Sena Selveira protestava contra o atraso de um show do cantor. De acordo com o UOL, a apresentação estava programada para começar às 22h, mas iniciou às 6h da manhã seguinte.

Na época, vários vídeos do público revoltado com o atraso foram compartilhados na internet. “Me respeite, seu vagabundo, venha aqui em cima falar”, disse o cantor.

Leia também: Wesley Safadão e Thyane Dantas são indiciados por vacinação irregular e responderão por dois crimes

Maur´ício subiu ao palco e foi surpreendido “com golpes e socos por membros da equipe do músico, assim como por empregados da casa de shows”, como diz a sentença. A mulher dele, Mariana, alegou ter sido “violentada” e, posteriormente, expulsa do evento. Testemunhas relataram que ela chegou a ser “carregada pelos braços e cabelos como se fosse uma prancha”.

O juiz Giordano Resende Costa entendeu que houve prejuízo por danos morais ao casal. Além do cantor, a empresa do artista e os organizadores do show também foram condenados por danos morais.

Léo Santana recorreu da decisão.

Comentários