Entretenimento

Antonia Fontenelle terá que prestar serviço comunitário por difamação contra Felipe Neto

Além disso, a apresentadora terá que pagar uma indenização de R$ 40 mil.

diario da manha

Antonia Fontenelle foi condenada a prestar serviço comunitário por três crimes de difamação, um de injúria e outro de calúnia contra Felipe Neto. Além disso, terá que pagar uma indenização de R$ 40 mil.

Condenada em um ano e nove meses de detenção em regime aberto, o juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do TJ-Rio, substituiu a pena privativa de liberdade por duas penas de prestação de serviços à comunidade ou à entidade pública.

Leia também: No BBB 22, Natália “justifica” escravidão e é criticada nas redes sociais

O juiz relatou que Antonia Fontenelle afirmou sem provas, em vídeo publicado no dia 24 de julho de 2020 em seu canal do Youtube, que “teria sido coagida pelo youtuber em uma reunião, que este teria tentado lhe aplicar um golpe e que ele já teria estragado a vida de muitas pessoas”.

A apresentadora ainda chamou Felipe Neto de sociopata e divulgou que ele teria afirmado que “não usa drogas em serviço”, dando a entender que ele é usuário de drogas fora do serviço.

Comentários