Entretenimento

"Tirou o idiota brasileiro do armário", diz Gregorio Duvivier sobre Olavo de Carvalho

O ator e escritou afirmou que o guru bolsonarista deu “uma contribuição inegável na identificação do imbecil brasileiro”.

diario da manha

Em sua coluna na Folha de S. Paulo, o ator e escritor Gregorio Duvivier afirmou que Olavo de Carvalho deu “uma contribuição inegável na identificação do imbecil brasileiro”. 

“Olavo tirou o idiota brasileiro do armário: deu a ele uma carteirinha, um livro, um candidato”, afirmou.

Com o título “Olavo de Carvalho morreu por não saber o que era preciso para não ser idiota”, Duvivier começou o texto destacando: “​Até relógio parado consegue estar certo duas vezes ao dia, diz o ditado. Venho aqui louvar a coerência e também a sorte de Olavo de Carvalho, que em 74 anos de vida conseguiu não ter razão nem um dia sequer. Não é fácil não acertar nada sobre coisa alguma”.

Leia também: Naiara Azevedo é condenada a pagar R$ 100 mil a guitarrista

O escritor ainda ressaltou que ele “defendeu, até o fim da vida, os malefícios da vacina e os benefícios do cigarro. Morreu de estupidez, e levou muita gente junto”.

O guru bolsonarista morreu na madrugada de terça-feira (25) em um hospital de Richmond, Virgínia (EUA), oito dias após testar positivo para Covid-19. 

Leia também: “Não é porque morreu que virou santo”, diz filha de Olavo de Carvalho

Comentários