Entretenimento

Homem é indiciado por invadir casa de Diogo Nogueira e ameaçar Paolla Oliveira

Cantor chegou a entrar em luta corporal contra o fã.

diario da manha

O português Luís Mário Monteiro Piçarra foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro pelo crime de perseguição (stalking) contra Paolla Oliveira e o seu namorado, o cantor Diogo Nogueira. As informações são do Globo.

Em fevereiro, o casal procurou a 16ª DP, na Barra da Tijuca, para depor contra o homem que entrou no condomínio do cantor dizendo que queria receber um celular que estaria com a atriz. Alterado, ele chegou a ameaçar matar o casal com uma arma da qual possui porte.

De acordo com o inquérito, a atriz contou que já vinha sendo perseguida por Luís Mario havia cerca de três meses por mensagens em seu perfil no Instagram. Ela também revelou que, em agosto do ano passado, ele chegou a se declarar amorosamente pela rede social e a dizer que viria ao Brasil para encontrá-la.

Leia também: Luana Piovani revela que filha chora há oito dias com saudade de Pedro Scooby

À polícia, Diogo Nogueira contou que Paolla Oliveira perguntou aos seguranças do condomínio as características da pessoa, que logo identificou que era o mesmo homem que a havia ameaçado nas redes sociais, e não permitiu que entrasse.

O sambista, que estava junto com a namorada no dia, foi à casa de um vizinho por outro motivo. Porém, encontrou com Luís Mário no caminho, que começou a ofendê-lo, como: “Filho da puta que está estragando a minha vida!” Ameaçado, o cantor teria desferido um soco contra o homem.

Mário foi levado à 16ª DP após seguranças intervirem e acionaram o 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes).

Leia também: Sabrina Sato anuncia saída da Record após 8 anos

“Houve uma sequência de ameaças e xingamentos ao casal, que foi deflagrada numa tentativa de invasão à residência do Diogo. Ambos foram até uma delegacia de polícia local para uma queixa formal e a partir desse episódio, uma medida protetiva foi instaurada. As ameaças continuaram, mas o caso está sendo investigado pelos órgãos competentes”, disse a assessoria de imprensa de Paolla Oliveira.

O delegado responsável pelo caso, Leandro Gontijo, falou sobre o caso para a coluna de Fábia Oliveira, do Em Off. “Ele acusou a Paolla de ter furtado o celular dele. É uma pessoa que aparenta ser descompensada e a gente não o encontrou mais. Ele não tem paradeiro, pois está usando Airbnb e hotel. Chegamos a encontrá-lo em alguns hotéis, porém, não mais”, contou.

Comentários