Entretenimento

Chamada de idiota por Bolsonaro, jornalista do SBT é demitida após 16 anos

Repórter ficou conhecida em todo país após viralizar nas redes sociais ao fazer pergunta para o presidente.

diario da manha

A jornalista Driele Veiga foi demitida da TV Aratu, afiliada do SBT em Salvador, na última segunda-feira (2). Ela ficou conhecida em todo o país após ter sido chamada de ‘idiota’ pelo presidente Jair Bolsonaro, quando ele visitou a Bahia em abril do ano passado.

Ao site Notícias da TV, a profissional contou que demissão aconteceu no período da manhã, mas que não houve uma explicação para o desligamento. Ela estava na emissora desde 2006 e tinha muita popularidade com o telespectador baiano.

Além do telejornal local, ela aparecia com muita frequênca em jornalísticos da rede nacional, como o programa Primeiro Impacto, comandado por Marcão do Povo, Dudu Camargo e Darlisson Dutra.

Leia também: Jornalista da Globo aparece pela primeira vez após ser esfaqueado e mostra cicatrizes: “Estou vivo”

Em abril de 2021, Driele Veiga viralizou nas redes sociais ao tentar fazer uma pergunta a Jair Bolsonaro durante uma visita na cidade de Feira de Santana. Na ocasião, ela questionou o presidente por ele ter posado com o apresentador Sikêra Jr. em uma foto com os dizeres “CPF cancelado” no auge das mortes por Covid-19 no Brasil.

“O senhor foi criticado, presidente, sobre uma foto postada dizendo CPF cancelado em um momento de tantas pessoas morrendo”, disse a repórter. “Você não tem o que perguntar não? Deixa de ser idiota!”, respondeu Bolsonaro.

Leia também: Campeão do BBB 22, Arthur Aguiar não teve contrato renovado com a Globo

Comentários