Entretenimento

Jornalista da Globo aparece pela primeira vez após ser esfaqueado e mostra cicatrizes: "Estou vivo"

Gabriel Luiz levou dez facadas em tentativa de latrocínio.

diario da manha

O jornalista Gabriel Luiz, que foi esfaqueado em uma tentativa de assalto no dia 14 de abril, apareceu pela primeira vez nas redes sociais após o ocorrido e comemorou sua recuperação.

O repórter da Globo levou dez facadas em frente ao edifício em que mora em Brasília, no Distrito federal, com cortes no abdômen, pescoço, tóraz e perna.

“Eu estou vivo! Olha, eu devo ter uma proteção gigante lá de cima por sair dessa vitorioso e sem sequela nenhuma. Não tem outra explicação. Só me cabe agradecer e me agarrar a essa nova chance que Deus me deu, com a expectativa de ter alta nos próximos dias”, iniciou.

Leia também: Campeão do BBB 22, Arthur Aguiar não teve contrato renovado com a Globo

“Se estou aqui hoje também é porque meu destino colocou pessoas de luz perto de mim: os vizinhos que me socorreram, os bombeiros que chegaram em minutos, e principalmente as equipes do Base e do Hospital Brasília, que me atenderam com precisão, experiência e sabedoria. Devo tudo a esses profissionais”.

“Sou jornalista, né? E a primeira coisa que um jornalista faz é questionar os “porquês”. Por que isso comigo? Por que tanta crueldade? São perguntas que passaram antes pela minha cabeça. Mas o melhor é não perder um milésimo a mais de tempo com o que já foi”, disse.

Gabriel Luiz deve receber alta médica “nos próximos dias”. Na última terça-feira (26), o Ministério Público do Distrito Federal denunciou José Felipe Leite Tunholi, suspeito de esfaquear o jornalista, por tentativa de latrocínio – quando há roubo seguido de morte.

Leia também: Felipe Neto alcança 44 milhões de inscritos e entra para o Top 5 dos maiores youtubers do mundo

Jornalista da Globo aparece pela primeira vez após ser esfaqueado e mostra cicatrizes: “Estou vivo”

Comentários