Entretenimento

Silvia Abravanel conta como descobriu que tinha sido adotada por Silvio Santos

A apresentadora revelou que achava que 'adotiva' era uma doença.

diario da manha

Durante participação no programa Supepop, apresentado por Luciana Gimenez, Silvia Abravanel revelou sobre o momento em que seu pai, Silvio Santos, contou que ela era adotada.

De início, a ex-apresentadora do ‘Bom Dia e Cia’ achou que “adotada” se tratava de uma doença. “E você descobriu que era adotada ou sempre soube?”, questionou Gimenez.

Leia também: Filha de Juliano Cazarré nasce com doença rara no coração e precisa ser operada às pressas

“Eu tinha cinco anos, ai a Cíntia começou a falar: ‘Ah, você é adotiva, você é adotiva’. Aí eu cheguei para o meu pai e perguntei: ‘Pai, eu tenho adotiva?’ porque eu achei que adotiva era uma doença, aí ele me perguntou onde eu tinha ouvido o termo e eu disse que foi a Cíntia que tinha me falado”, iniciou.

“Aí ele me chamou, chamou a Daniela, que estava com 3 ou 4 anos, e explicou que eu era filha do coração, não era filha da barriga, mas era filha do coração e isso quis dizer que eu era filha adotiva, que eu tinha vindo de uma outra mamãe e de uma outra família”, revelou Silvia Abravanel.

“Ai eu falei: ‘Ai que bom, então não estou doente, então está tudo bem’, e isso foi muito legal, sempre, minha vida inteira sempre, minha vida inteira sempre foi muito legal”.

Leia também: Após processo judicial, Amado Batista pede desculpas por chamar Lula e seus filhos de ladrões

Comentários