Esportes

Goiás x Flamengo: quem ganha o duelo?

A diretoria do time goiano decidiu dividir a capacidade do estádio em 50% para esmeraldinos e 50% flamenguistas

diario da manha
Foto: Reprodução

Goiás e Flamengo disputam nesta quinta-feira (31/10), às 20h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os ingressos para a partida já estão esgotados e o jogo válido pela 29° rodada do Brasileirão terá além da lotação máxima, a torcida dividida meio a meio. A diretoria do time goiano decidiu dividir a capacidade do estádio em 50% para esmeraldinos e 50% flamenguistas.

O time goiano estava em boa sequência no campeonato, mas nas últimas três rodadas, a situação mudou. Foram dois empates (Corinthians e Chapecoense) e uma derrota (Athlético-PR). Com 38 pontos e posicionado no meio da tabela, na 10° colocação, o Goiás espera uma vitória em casa para se manter na bem posicionado no Brasileirão.

Com a recuperação muscular da coxa, o meio campo Gilberto retorna ao time titular, que está completo para enfrentar o Flamengo. A escalação do Goiás para a partida provavelmente será: Tadeu, Rafael Vaz, Fábio Sanches, Yago Rocha, Jefferson, Gilberto, Yago Felipe, Léo Sena, Leandro Barcia, Michael e Rafael Moura.

Já a equipe carioca, segue líder isolado da competição com 67 pontos e planeja conquistar uma vitória fora de casa contra o Goiás para manter a distância do segundo colocado, o Palmeiras. São 15 jogos invicto no Brasileirão e nesse período, foram 14 vitórias e um empate.

A formação titular do Flamengo não contará com o goleiro Diego Alves, devido a uma entorse no joelho direito. A boa notícia é o retorno do estrangeiro Pablo Marí após sofrer uma suspensão. O provável time titular é: César, Pablo Marí, Rodrigo Caio, Rafinha, Filipe Luís, Willian Arão, Gerson, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

Diretoria do Goiás decide dividir Serra meio a meio

O mandante do jogo, optou por dividir ao meio as duas torcidas seguindo uma recomendação da Polícia Militar (PM-GO). Com 37.840 ingressos disponíveis para venda, boa parte da torcida do Goiás não aprovou a decisão tomada pela diretoria do clube.

Mas o técnico Ney Franco, apoiou o posicionamento do clube e disse que sem a liberação para dividir o Serra Dourada, o público seria bem menor. “Independente da recomendação da polícia, acho acertada a decisão da diretoria do Goiás. Se não fosse liberado (50% para a torcida do Flamengo), a gente teria no máximo 15 mil, 16 mil pessoas”, explicou o treinador.

Comentários

Mais de Esportes