Esportes

Goianão 2022: Atlético Goianiense pronto para o primeiro duelo da final

Primeiro jogo é neste sábado, 26, a partir das 16h30 no Estádio Antônio Accioly

diario da manha
Foto: Bruno Corsino/ ACG- Técnico: Umberto Louzer

Atlético Goianiense e Goiás se enfrentam no primeiro jogo da final do Goianão 2022, neste sábado, 26, no Estádio Antônio Accioly a partir das 16h30. A partida é uma reedição da decisão de 2019, quando o rubro-negro goiano levou a melhor contra os esmeraldinos.

Vale ressaltar que durante essa temporada, o time do bairro de Campinas jogou quatro clássicos contra o Vila Nova, dois na fase classificatória, onde foi derrotado, e os outros dois nas semifinais, na qual venceu o primeiro e empatou o segundo e ficou com a vaga na decisão. Por sua vez o Goiás vai para o seu primeiro clássico da temporada, isso, porquê em 2022 as duas equipes ainda vão se enfrentar no Campeonato Brasileiro da Série A.

Antes da primeira partida da decisão, o técnico Umberto Louzer, concedeu uma entrevista coletiva e falou sobre a situação do esmeraldino, que após a derrota para o Iporá perdeu o técnico Bruno Pivetti. O treinador rubro-negro ressaltou que do outro lado vai estar Glauber Ramos, que foi quem fez a pré-temporada da equipe e iniciou a competição. E ele salientou que a sua preocupação é com o que o seu time tem que fazer dentro de campo.

“Nós temos que nos preocupar conosco, e com aquilo que a gente precisa levar para campo, com o que uma decisão exige, um nível de concentração, organização, imposição e vários outros atributos que a gente precisa levar para campo, para que a gente possa sair nesse primeiro jogo com o nosso objetivo que é vencer”, comenta.

Resultado do primeiro jogo pode dar um indicativo, mas não define campeão diz treinador do Atlético

Louzer foi questionado se vai tentar fazer como em 2019, ano em que o rubro-negro foi campeão, e abriu 3 a 0 no primeiro duelo. Para o comandante rubro-negro, a primeira partida pode dar um indicativo muito grande, mas não chega a definir o campeonato.

“Sabemos que vamos ter que cumprir dois jogos, o regulamento diz isso. E claro que o primeiro jogo, dependendo de como ele terminar, tem um indicativo muito grande, mas não se define”, ressalta.

O treinador atleticano afirmou também que dentro de casa é preciso se impor, e fazer com que a defesa adversária fique desconfortável. Louzer pontua ainda que é preciso fazer isso de forma organizada e que tem trabalhado isso com a sua equipe.

“A expectativa é que possamos fazer um jogo bem organizado, muito bem elaborado nessas fases dos jogo. Saber defender, neutralizar os pontos fortes do adversário, mas quando estiver com a posse de bola não perder o ímpeto ofensivo, a agressividade. Porquê é isso que o torcedor quer ver no seu clube, nos seus atletas, uma equipe que briga do início ao fim e em busca do resultado favorável. É isso que a gente prega, que a gente vende dia a dia aqui, e os atletas tem conseguido responder. Então a expectativa é de que a gente possa fazer mais um grande jogo, e dentro de casa, de forma organizada conseguir o nosso objetivo que é vencê-los.”, finaliza.

Sul-Americana

Antes do duelo pela final do Goianão, o rubro-negro conheceu nesta sexta-feira, 25, os adversários na Copa Sul-Americana desta temporada. Após o sorteio, o time goiano caiu no Grupo F do torneio, ao lado de LDU do Equador, Defensa y Justicia da Argentina e Antofagasta do Chile.

Leia também:

Comentários