Home / Polícia

POLÍCIA

Um aluno é morto e dois estão em estado grave após briga na porta da escola

O crime teria ocorrido por causa de uma discussão que iniciou na noite anterior, durante uma live em uma rede social

Print: Vídeo Câmeras de Segurança Print: Vídeo Câmeras de Segurança

Um adolescente de 14 anos é morto e outros dois de 12 e 15, estão em estado grave após uma briga na porta do Colégio Estadual Leiny Lopes de Souza, no bairro Calixtópolis, em Anapólis, na terça-feira, 20 , por causa de jogo online.

De acordo com o delegado Wllisses Valentim do Grupo de Investigação de Homicídio (GIH) da Polícia Civil (PCGO), o crime teria ocorrido por causa de uma discussão que iniciou na noite anterior, durante uma live em uma rede social.

Os garotos participavam da live enquanto jogavam online, em certo momento do vídeo ao vivo, um dos envolvidos na confusão entrou na live e começou a falar ofensas com os jogadores, "Então, eles combinaram de se encontrar na saída da escola para resolver essas diferenças.”, explicou o delegado.

Ainda segundo o delegado Wllisses, o irmão de um dos adolescentes, com 20 anos, foi até o colégio acompanhado da mãe de 43 e do irmão adolescente, 15, eles estão com uma faca e um martelo.

No vídeo é possível ver que um grupo de alunos está reunido do lado de fora da escola. Uma mulher aparece segurando um martelo. Ela chega com os dois filhos, e começa a falar com os alunos, gesticula como se quissesse tirar satisfação dos presentes.

Eles discutem e, é quando inicia a confusão entre os alunos e a família, o homem com uma faca, então, esfaqueia os três adolescentes e a mãe chega a levantar o martelo ameaçando o jovem que morreu no local. Os outros dois adolescentes esfaqueados foram levados em estado grave para o Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Heana).

A mãe e o filho mais velho foram presos e levados para a Central de Flagrantes. O adolescente foi apreendido. A família alegou legítima defesa, embora no vídeo, os jovens esfaqueados estão desarmados. A PC segue investigando o caso.

Não foram informados os estado de saúde atual dos adolescentes que foram feridos.

A Secretaria de Eduacação do Estado de Goiás (Seduc), em nota lamentou a situação e informou que o fato ocorreu fora do ambiente escolar, por motivo pessoal dos alunos e esclareceu que a Superintendência de Segurança Escolar foi chamada assim que a direção informou o caso.

A equipe do Núcleo de Saúde e Segurança do Servidor e do Estudante está acompanhando o caso e dará assistência aos alunos e familiares.

Nota da Seduc:

"Em atenção à solicitação de informações sobre ocorrência envolvendo estudantes do Colégio Estadual Leiny Lopes de Souza, em Anápolis, a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) informa:

A briga ocorreu nesta terça-feira, 20/12, fora do ambiente escolar. Infelizmente, um dos envolvidos, ex-aluno do Colégio, faleceu em decorrência dos ferimentos. Conforme informações preliminares, os desentendimentos entre os estudantes têm motivos pessoais;

Assim que informada, a Superintendência de Segurança Escolar e Colégio Militar da Seduc se deslocou para Anápolis, onde acompanha o atendimento aos envolvidos, a escola e o trabalho das autoridades policiais;

Ainda com vistas à assistência e apoio à escola e, em especial, a estudantes e suas famílias, a equipe do Núcleo de Saúde e Segurança do Servidor e do Estudante da Seduc já acompanha o caso;

A Seduc lamenta profundamente o ocorrido, sobretudo quando envolvem estudantes da rede pública estadual. Todos os esforços têm sido feitos no sentido da promoção de uma cultura da paz."

Mais vídeos:

  • POLÍCIA

    Chilenos são presos suspeitos de furto em shoppings de Goiânia

    Um deles foi preso enquanto saía de uma loja após cometer furtos, e o outro na rodoviária de Goiânia, onde se preparava para fugir para Foz do Iguaçu

    Publicado domingo, 14 de abril de 2024 - 11:25

    / Atualizado domingo, 14 de abril de 2024

  • POLÍCIA

    Carga milionária de iPhones contrabandeados é apreendida pela PRF

    A carga com aparelhos contrabandeados foi avaliada em R$ 2 milhões de reais

    Publicado terça-feira, 09 de abril de 2024 - 09:16

    / Atualizado terça-feira, 09 de abril de 2024

  • POLÍCIA

    Funcionário de hotel é preso após furtar pulseira de R$ 20 mil fu Funcionário de hotel é pre

    Pulseira era de um cliente que esqueceu o objeto em um quarto do estabelecimento

    Publicado sexta-feira, 05 de abril de 2024 - 10:13

    / Atualizado sexta-feira, 05 de abril de 2024

Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias