Brasil

12 pastores são investigados por desvio milionário de dízimos

Entre os crimes listados no inquérito estão organização criminosa, apropriação indébita e lavagem de dinheiro

diario da manha

Doze ex-pastores da Igreja Universal são investigados pela Polícia Civil do Distrito Federal. Eles são suspeitos de desvio milionário de dízimo de fiéis no DF. A denúncia foi feita pela própria Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd).

De acordo com as investigações, os religiosos desviaram, no mínimo, R$ 3 milhões. Eles abriam empresas de fachada para lavar o dinheiro vindo dos desvios.

Segundo a polícia, o grupo seria liderado por Nei Carlos dos Santos, que, junto dos outros 11, teriam ligação com o “faraó dos bitcoins”, Glaidson Acácio dos Santos, que era ligado à igreja e foi preso pela Polícia Federal.

Entre os crimes listados no inquérito estão organização criminosa, apropriação indébita e lavagem de dinheiro. Veja a lista dos pastores investigados:

  • Nei Carlos dos Santos;
  • Alexandre Souza;
  • Julio Turcato;
  • Loran Pereira de Sousa ;
  • Ramon Portela;
  • Welison Fernandes Pereira;
  • Wesley Macedo;
  • Carlos Alexandre de Oliveira;
  • Cosme da Costa;
  • Dayvid Jasino;
  • Marcelo Eisenhower Neiva;
  • Wanderson Souza.

Leia também:

Comentários